quarta-feira, setembro 28

constatação.

O mundo pode dar as voltas que quiser, eu posso bater o pé quantas vezes quiser mas continuará a ser nos teus braços onde eu encontro o meu porto seguro. 


Sem comentários: