domingo, setembro 11

11 de Setembro.

Não tinha planeado fazer qualquer referência a este dia. Mas depois de ver estas imagens lembrei-me de como este acontecimento ainda continua a marcar a nossa vida.
Há 10 anos atrás quando ouvi a noticia, tinha eu 12 anos, não acreditei que alguém deliberadamente fosse com um avião contra um edifício. Foi desde então que percebi que neste mundo temos pessoas estranhas, que existe a diferença de culturas e que não havia a paz. Lembro-me de ver as imagens e de chorar ao ver as pessoas a atirarem-se do prédio numa tentativa de sobreviver. Lembro-me de ver as torres a caírem e de pensar na fragilidade dos edifícios. De ver a impotência na cara dos familiares, amigos, bombeiros e policias que já não tinham como ajudar.
Desde então sempre que ouço a música do John Lennon, Imagine, vêm-me á memoria todas estas imagens.
E o mundo nunca mais foi o mesmo. Não vivemos em segurança.



"Enquanto houver memória a América não será a mesma".
Arrisco-me a dizer que o mundo não será o mesmo.

1 comentário:

C disse...

Concordo contigo. O mundo nunca mais foi o mesmo.