quarta-feira, abril 21

pintar o meu livro.

Pensava que a ferida que tinham deixado em mim jamais iria fechar, e sempre que alguém se queria aproximar de mim eu erguia muros á minha volta. Nunca fui uma pessoa de estar sozinha mas achava que não ia voltar a ter um relacionamento tão intenso como o passado, esta era uma certeza que eu apergoava a quem quisesse ouvir como se de uma verdade incontestável se tratasse. A verdade é que tu apareceste do nada, e foste-me conquistanto com pequenos sorrisos. E sem que nos consigamos aperceber vais pintando o meu livro que estava á muito sem cor.

3 comentários:

Tinkerbell disse...

Espero que o livro fique bem colorido, e não volte a perder a cor ;)

bjnho*

E. disse...

E que bom que é um livro bem colorido :)

Um Beijinho*

Ivania santos By DIAMOND disse...

Conheço tao bem essa história...

Espero que este livro nao seja de historiazinhas da carochinha e que tenha um bom desenvolvimento e muito bem ilustrado!!!


<3